Temos uma Promoção Imperdível para você!

#

3 Nicomentol Spray + 3 Nicomentol Caps 3 Nicomentol Spray + 3 Nicomentol Caps 3 Nicomentol Spray + 3 Nicomentol Caps

3 Nicomentol Spray + 3 Nicomentol Caps

Produto Natural

  • R$829,00

  • 10x de 82,90 sem juros
R$ 787,55 no boleto bancário
5 178



INSIRA O CEP PARA CALCULAR PRAZO E FRETE


    Descrição

    Nicomentol


    Apresentação

    Nicomentol Spray: Cada frasco contém 60mL.

    Nicomentol Caps: Cada frasco contém 60 Cápsulas.


    Modo de usar

    Nicomentol Spray: Aplicar o Nicomentol três vezes ao dia após as refeições. Após a aplicação, evite escovar os dentes ou beber por no mínimo 45 minutos.
    Nicomentol Caps: Ingerir 2 cápsulas ao dia, preferencialmente a noite.


    Ingredientes
    Nicomentol Spray: Copaifera Reticulata Balsam Oil, Melaleuca Alternifolia Leaf Oil, Menthol, Sucralose, Benzoic Acid, Sodium Benzoate, EDTA, BHT, Sodium Lauryl Sulfate, Polysorbate 80, Glycerin, Alcohol, Aroma, Cl 19140, Cl 42090, Aqua.
    Nicomentol Caps: Magnésio (bisglicinato), Vitamina B1(tiamina cl), B2 (riboflavina), B3 (niacina), B5 (Pantotenato de cálcio), B6 (piridoxina cl), Vitamina C (ác. Ascórbico), Zinco (bisglicinato), Potássio (bisglicinato). Composição da cápsula: Gelatina, Água purificada e Umectante glicerina.

    Não contém glúten.


    Recomendações
    Nicomentol Spray: Evite o contato com os olhos. Caso aconteça, enxágue com água abundante. Mantenha fora do alcance de crianças.
    Nicomentol Caps: Gestantes, nutrizes e crianças de até 3 anos, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionista ou médico. Não consumir mais que 2 cápsulas ao dia.

    Conservação
    Este produto deve ser conservado em temperatura ambiente (15º a 30ºC). Proteger da umidade e da exposição ao sol.


    Nicomentol Spray – Registrado na ANVISA processo 25351.612662/2017-11
    Nicomentol Caps – Produto dispensado de registro conforme a RDC 240/2018

    Produtos relacionados

    Dicas de saúde
    Por que devo parar de fumar? Fumar causa o câncer O cigarro é o principal responsável por cerca de 90% de todos os cânceres de pulmão e ainda é o maior fator de risco para acidentes vasculares cerebrais e doenças cardiovasculares. E mesmo que tabaco não produza a fumaça ele é a para causa diversos tumores de cabeça, pescoço, bexiga, pâncreas, esôfago e outras patologias relacionadas à boca e aos dentes. Existem outro diversos malefícios como disfunção erétil, dívidas entre outros problemas derivado do cigarro. Melhora a vida de todos. Fumar causa malefícios não só para sua saúde , mas, também, para os que estão à sua volta e prejudica até sistema público de saúde. As crianças têm mais chance de desenvolverem asma, rinite e alergias quando convivem com fumantes, mesmo sendo apenas com o cheiro que fica nas roupas, na boca do fumante e no ambiente. Contribua para o redirecionamento de gastos no sistema de saúde Quem fuma fica propício a diversos tipos de doença desde as mais leves até doenças letais e muito dos fumantes procuram o Sistema Único de Saúde (SUS), que acaba por encarecer o custo da saúde no Brasil. E todos acabamos pagando por isso através dos impostos. Valores que poderiam ser aplicados áreas mais precárias do sistema de saúde são destinadas ao tratamento de doenças que poderiam ser prevenidas com a cessação do tabagismo. Como Parar de Fumar? Mais da metade dos fumantes desejam parar de fumar, no entanto, não sabem como fazer isso. Pois dentre as 4500 substâncias tóxicas que tem no cigarro, a nicotina é tão viciante quanta cocaína e heroína dificultando muito a vida de quem quer parar de fumar. Cansando a dependência química e causando os sintomas de abstinência. Tais sintomas, como ansiedade excessiva, dor de cabeça, irritação, insônia, irritabilidade, desânimo, aumento de apetite e dificuldade de concentração; são os principais motivos que dificultam a interrupção do uso do cigarro por um fumante. Estes sintomas costumam ser mais fortes nos 4 primeiros dias e a partir daí começa a diminuir levando cerca de 1 mês para sumir. Considerando estes fatores, parar de fumar não é uma tarefa muito fácil, e que exige altas doses de boa vontade e perseverança. Tenha em mente o seu objetivo e o que levou a ter vontade de parar de fumar, leve em conta também meios para superar os sintomas da abstinência no seu primeiro mês. Por exemplo: “fumo porque é legal e diminui o estresse” – sugestão: praticar atividades físicas, tomar um bom banho, ouvir música, ler, ter boas noites de sono. Identificando estas questões, é mais fácil saber em quais pontos deve estar mais atento. Um segundo passo pode ser a elaboração de um plano de interrupção do uso do cigarro, com dia marcado e estratégias específicas para tal. É interessante que se escolha um período mais tranquilo, em que não esteja passando por problemas mais relevantes. Alguns dias antes do escolhido, o usuário pode procurar reduzir o número de cigarros utilizados por dia; retirar de seu alcance cinzeiros e isqueiros; e avisar às pessoas de seu convívio a sua decisão, solicitando ajuda e paciência. Ele deve, também, evitar situações que o levem a fumar; tomando medidas diferentes quando a vontade vir. Chegando ao grande dia de parar de uma vez por todas de fumar, lembre que cada dia é uma batalha a ser vencida e ao vencer o primeiro dia você é capaz de vencer todos os outros dias, tenha então sempre um artifício para vencer a abstinência. Estes podem ser: tomar banho, escovar os dentes, conversar com uma pessoa querida, beber água, chupar balas, fazer relaxamento e pensar nos benefícios de se parar de fumar. Evitar locais fechados, onde provavelmente haverá pessoas fumando, é uma medida que também deverá ser adotada, juntamente com uma alimentação saudável, prática de exercícios e auxílio médico, quando necessário. Este poderá sugerir o uso de algum medicamento. Caso positivo, não deixe de fazê-lo. Como funciona a abstinência? A crise de abstinência é um conjunto de sintomas causados pelo próprio organismo ao sentir falta de alguma substância que seja capaz de tornar o corpo dependendo dela. Por exemplo: a nicotina. Esses sintomas costumam durar entre uma e duas semanas, podendo chegar até 1 mês. O sintoma mais intenso é a enorme vontade de fumar, que pode durar até cinco minutos seguidos, mas com o passar do tempo tende a diminuir. Algumas pessoas chegam a apresentar alguns sintomas de incômodos como dor de cabeça, irritabilidade, tontura, agressividade, alteração no sono, dificuldade de concentração e outros. Tudo porque o corpo ficou dependente da nicotina, uma droga que causa dependência e age no sistema nervoso central acarretando mudando o estado emocional e comportamental do fumante. Medicamentos para parar de fumar. Para que serve? Você pode usar diversos tipos de medicamento para parar de fumar, desde que tenha passado por um médico que avaliará a sua necessidade. Mas em geral os medicamentos são feitos para tratar o sintomas de abstinência. Conheça os medicamentos mais populares: Bupropiom Vareniclina Nortriptilina No entanto, esses remédios possuem algum tipo de efeito colateral e por isso o ideal é buscar por remédios sem nicotina e de preferência os naturais com Magnésio e vitaminas B. Lembrando que é importante que a pessoa busque fazer atividade física e uma alimentação saudável ajudar ainda mais na melhora saúde. Consulte sempre o médico antes de se automedicar. Referência Bibliográfica: 1 - Nortriptyline». www.drugbank.ca. Consultado em 9 de novembro de 2019 2 - Mecanismo de ação da Vareniclina - Health Express 3 - Bupropion Hydrochloride Monograph for Professionals». Drugs.com (em inglês). Consultado em 4 de agosto de 2019 4 – Ministério da Saúde.