Cálcio Force - 6 Meses Cálcio Force - 6 Meses

Cálcio Force - 6 Meses

Cápsulas
  • R$ 549,00 R$599,00
  • 10x de 54,90 sem juros
  • R$521,55 no boleto bancário
- +
  • Descrição


Cálcio Force 

Cálcio Force contém a quantidade necessária de minerais que o corpo precisa diariamente para o fortalecimento da saúde dos ossos. O uso contínuo de Cálcio Force irá ajudar a proteger as cartilagens, melhorar o desempenho físico, a contração muscular e o sistema nervoso. Além de ajudar na prevenção da osteoporose, arteriosclerose e no aumento da resistência e saúde dentária.

Sua fórmula contém alta concentração de Cálcio, que é um mineral fundamental para desenvolver e manter a saúde dos ossos e dos dentes. Além disso, possui o Magnésio, vitamina D e Zinco que auxiliará na absorção do Cálcio.

Ingredientes

Cálcio 400mg, Zinco7mg, Magnésio 130mg e Vitamina D 5mcg.

Não contém glúten.


Recomendação de uso

Ingerir 2 cápsulas de Cálcio Force ao dia, 1 cápsulas pela manhã e 1 cápsulas ao fim da tarde.

Cuidados de conservação

Não ultrapassar a dose máxima diária recomendada. Pessoas alérgicas a algum componente da fórmula, não devem fazer o uso. Gestantes, lactantes e crianças, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionista ou médico.


Produto dispensado de registro conforme RDC 27/2010.

Avaliações

(3 comentários)

Produtos relacionados

Dicas de Saúde

O que é o cálcio?

Para o funcionamento do nosso organismo o cálcio é um mineral essencial, tendo sua principal função diretamente relacionada com a estrutura óssea (onde é naturalmente armazenado), nomeadamente na formação e desenvolvimento dos nossos dentes. Cerca de 99% do cálcio existente no nosso organismo estão nos nossos dentes, enquanto o 1% de cálcio restante está distribuído pelo sangue, músculo e outros tecidos. Alem da função que desempenha ao nível dos ossos, o cálcio participa também de outros processos relevantes, que são a transmissão de impulsos nervosos, contração muscular e a coagulação sanguínea.

Principais fontes de cálcio

As principais fontes de cálcio incluem leite, produtos lácteos, vegetais de folha com verde-escura, frutos secos e leguminosos.

Caso não seja feita uma ingestão adequada de cálcio ao longo do tempo, aumenta o risco de desenvolvimento de doenças ósseas.

Deficiência em cálcio – causas e sintomas

Não dependem apenas da ingestão por alimentação a absorção e a utilização do cálcio, mas também de outros fatores. Se pegarmos o balanço dos níveis de cálcio ao longo da vida, verifica-se que, a regra geral, a disponibilidade de cálcio no nosso organismo diminui com a idade, tendo uma maior probabilidade de ocorrência de fraturas ósseas em pessoas idosas. Da mesma forma, as mulheres com baixos níveis de estrogênios (por exemplo, as mulheres que estão na menopausa), essas mulheres absorvem e retêm menos cálcio nos ossos e, consequentemente, são mais suscetíveis ao desenvolvimento de doenças ósseas.

Existem outros fatores que estão envolvidos na redução da absorção do cálcio, além da má absorção e das consequências da evolução da idade, como as alterações hormonais, os níveis de vitamina D e níveis de fosfato em circulação. Qualquer doença ou condição que provoque alterações podem ser consequência da deficiência de cálcio.

Se pegarmos as causas mais comuns da deficiência de cálcio, encontramos o défice de hormona paratiroideia e vitamina D. Tendo em vista que, os sintomas surgem apenas quando a concentração de cálcio no organismo esta muito abaixo do valor normal, que em situações graves, podem incluir nos sintomas convulsões, contrações musculares descontroladas, falência cardíaca e alterações do estado mental

Como melhorar a absorção do cálcio

De forma geral, para melhorar a absorção de cálcio e garantir que os ossos fiquem fortes, é necessário fazer exercícios físicos, diminuir o consumo de sal e ficar exposto ao sol pela manhã. Quem sofre de osteoporose, osteopenia e em casos de fraturas, devem seguir as dicas. Mulheres que estão na fase de gestação e crianças também devem consumir uma quantidade razoável de cálcio.  Algumas dicas para melhorar a absorção de cálcio:

- Praticar regularmente exercícios físicos: praticar exercícios ajuda a absorver melhor o cálcio porque o impacto nos ossos permite uma maior absorção deste mineral.

- Diminuir o consumo de sal: o sal pode colaborar para que o cálcio seja liberado pela urina, ao ingerir uma menor quantidade de sal durante as refeições, o cálcio presente nos alimentos será mais bem absorvido.

- Ficar no sol de manhã: ficar alguns minutinhos no sol pela manhã colabora com a síntese de vitamina D, que ajuda na absorção do cálcio.

- Consumir alimentos ricos em cálcio de origem animal e vegetal: é recomendado consumo de leite, queijo, iogurte, brócolis, folhas de caruru. Alimentos como peixe, ovo e carne contém vitamina D que facilita a absorção do cálcio.

- Combinar bem os alimentos: quando consumidos na mesma refeição, alguns compostos dificultam a absorção de cálcio, por isso, não é recomendado o consumo de alimentos ricos em ferro, como carnes vermelhas, gema de ovo e beterrabas na mesma refeição que contém cálcio. Uma alimentação rica em fibras pode ser uma boa refeição, pois as fibras preparam o organismo para receber o cálcio.

Alimentos ricos em cálcio

Devem ser consumidos diariamente os alimentos ricos em cálcio, para que os processos metabólicos aconteçam de forma correta. Alguns dos alimentos ricos em cálcio de origem vegetal e animal são:

De origem vegetal:

- amêndoa;

- manjericão;

- farinha de soja;

- grão de soja cru;

- semente de linhaça.

De origem animal:

- ostras;

- mexilhão;

- leite em pó;

- queijo ricota;

- leite de cabra;

- iogurte natural;

- iogurte desnatado;

- sardinha sem pele.