Triptomil

Triptomil 180 cápsulas

Triptomil 180 cápsulas

Controle da Ansiedade e Melhora do Sono

R$599,00

em até 10x de 59,90 no cartão

Triptomil 30 cápsulas

Triptomil 30 cápsulas

Controle da Ansiedade e Melhora do Sono

R$159,90

em até 10x de 15,99 no cartão

Triptomil 90 cápsulas

Triptomil 90 cápsulas

Controle da Ansiedade e Melhora do Sono

R$359,00

em até 10x de 35,90 no cartão


Exibindo de 1 a 3 do total de 3 (1 páginas)

Dicas de Saúde

O que é triptofano?

O triptofano é conhecido como um aminoácido essencial, sendo que nosso organismo não consegue produzir e deve ser obtido por meio de alimentação. O aminoácido ajuda a sintetizar a serotonina que é conhecida como o hormônio do prazer, a melatonina e a niacina e por isso o triptofano está associado ao tratamento e prevenção da depressão, ansiedade e insônia, podendo até mesmo auxiliar no processo de emagrecimento.

O triptofano pode ser encontrado em alguns alimentos como o chocolate meio amargo e em nozes, podendo ser encontrado também em farmácias porque existem suplementos alimentares, mas devem ser consumidos apenas sob prescrição de um médico ou nutricionista.

Em um ensaio clinico realizado em uma universidade estadunidense, com uma amostra de 25 jovens saudáveis, avaliou características de ansiedade e depressão após consumir uma dieta com um teor de triptofano baixo e em seguida com um alto teor do aminoácido. Em resumo, concluíram que, consumir mais triptofano resultou em menos sintomas depressivos e redução da ansiedade.

Para que serve o triptofano?

Participando de diversas funções metabólicas, o triptofano é um aminoácido essencial e serve para:

- Aumentar o humor;

- Melhorar a memória;

- Controlar a ansiedade;

- Ajudar a controlar o peso.

- Ajudar no combate a depressão;

- Aumentar a habilidade de aprendizagem;

- Regular o sono, aliviando os sintomas de insônia;

Os efeitos e benefícios do triptofano acontecem porque o aminoácido ajuda a formar o hormônio serotonina. A serotonina é muito importante para a prevenção de distúrbios resultantes do stress, tais como a depressão e a ansiedade. O triptofano pode ser usado também para tratar a dor, bulimia, déficit de atenção, hiperatividade, fadiga crônica e TPM.

O hormônio da serotonina pode até mesmo ajudar a formação de outro hormônio, a melatonina que é capaz de regular o ritmo do relógio biológico interno do nosso organismo, melhorando a qualidade do sono, já que a melatonina é produzida durante a noite.

Onde conseguimos encontrar o triptofano?

O triptofano pode ser encontrado em alimentos, tais como:

- Banana: a banana é rica em fibras, potássio e vitaminas. É fonte de triptofano e ainda é rica em carboidrato, macronutrientes que facilitam a entrada de serotonina no nosso sistema nervoso.

- Peixes: salmão, truta, sardinha, atum e arenque, conseguem transportar gorduras essenciais como o ômega 3, que o corpo não consegue produzir sozinho e protegem a estrutura da membrana celular e os neurônios. Fornecem também proteínas, triptofano, tirosina, ferro, zinco, vitaminas B6 e B12, todos nutrientes favoráveis ao cérebro.

- Laticínios: leites, queijos e iogurtes, ótimas fontes de triptofano, cálcio e magnésio. Alem disso, os iogurtes que tem probióticos, podem ajudar no equilíbrio da microbiota.

- Grão de bico: além de triptofano, o grão de bico tem alta concentração de vitaminas B6 e B9, que atuam também na produção de hormônios neurotransmissores relacionados ao bem estar e as boas noites de sono, como serotonina e dopamina.

- Chocolate: o triptofano está presente nas sementes de cacau, por isso que, quanto mais amargo e cacau o doce tiver, mais benefícios teremos.

- Mel: o mel também é fonte de triptofano, que tem uma ação calmante que induz a uma sensação de bem estar.

Apesar de ser encontrado nesses alimentos, continuam sendo em pequenas quantidades. Por esse motivo, algumas pessoas optam por complementar a dieta com suplementos alimentares em cápsulas ou em pó.

O triptofano pode ajudar a emagrecer?

Sim. O triptofano pode ajudar a emagrecer porque ao produzir a serotonina, ele ajuda a controlar a ansiedade que leva muitas vezes ao consumo compulsivo e descontrolado de certos alimentos. A falta ou redução de serotonina associa-se ao aumento do apetite por carboidratos.

Muitas vezes a alimentação é interligada aos nossos sentimentos, então por vezes, ao existirem sintomas de ansiedade e depressão, a tendência é que as pessoas consumam alimentos que dão mais prazer e que são mais calóricos como o chocolate que eleva a produção de serotonina.

Se durante nossa dieta diária ingerirmos fontes de triptofano, a necessidade de suprir a falta da serotonina com doces será nula. Por esse e outros motivos, o triptofano é de grande valia para quem busca emagrecer.