Cadastre-se ou faça Login
Ômega 3 Concentrado | 1 Unidade Ômega 3 Concentrado | 1 Unidade

Ômega 3 Concentrado | 1 Unidade

  • R$ 119,00 R$129,00
  • 10x de 11,90 sem juros
  • R$113,05 no boleto bancário

INSIRA O CEP PARA CALCULAR PRAZO E FRETE


Ômega 3 Concentrado


O Ômega 3 Concentrado Saúde Garantida possui em sua cápsula uma alta concentração de EPA e  DHA que são fontes de gorduras boas, e como o organismo não produz os ácidos graxos essenciais, é necessário obter através da suplementação.

Associado á uma alimentação saudável, o Ômega 3 concentrado auxilia na manutenção de níveis saudáveis de triglicerídeos e traz diversos benefícios à sua saúde.

Ingredientes

Ácido eicosapentaenoico (EPA) 540mg e Ácido docosaexaenoico (DHA) 360mg.


Recomendações de uso

Ingerir 1 cápsula 3 vezes ao dia, preferencialmente antes das principais refeições.


Cuidados de Conservação

Conservar ao abrigo da luz, calor e umidade. Esta embalagem foi selada para sua proteção. Não utilize o produto em caso de violação. Consumir este produto conforme a recomendação de ingestão diária constante na embalagem.


Registro no Ministério da Saúde n°6.6701.0003.001-9

Avaliações

(11 comentários)

Produtos relacionados

Cálcio Force | 1 Unidade

Cálcio Force | 1 Unidade

R$119,00 R$129,00
Ou 10x de 11,90

Ômega 3 Concentrado - 3 Meses

Ômega 3 Concentrado - 3 Meses

R$357,00 R$369,00
Ou 10x de 35,70

Ômega 3 Concentrado - 12 Meses

Ômega 3 Concentrado - 12 Meses

R$849,00 R$899,00
Ou 10x de 84,90

Ômega 3-6-9 60 cápsulas

Ômega 3-6-9 60 cápsulas

R$119,00 R$129,00
Ou 10x de 11,90

Ômega 3-6-9 180 cápsulas

Ômega 3-6-9 180 cápsulas

R$357,00 R$399,00
Ou 10x de 35,70

Ômega 3-6-9 360 cápsulas

Ômega 3-6-9 360 cápsulas

R$549,00 R$599,00
Ou 10x de 54,90

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dicas de Saúde

Ômega 3

O ômega 3 é denominado assim por possuir sua primeira dupla ligação no carbono 3, a partir do radical metil do acido graxo.  São encontrados em grandes quantidade nos óleos de peixes marinhos, em algas marinhas e nos óleos e sementes de alguns vegetais. Desde que o ômega 3 surgiu, por volta dos anos 70, as formulas foram se aprimorando, para que eles possam trazer cada vez mais benefícios a saúde. Os mais pesquisados e procurados, e que possuem maiores benefícios à saúde são o EPA (ácido eicosapentaenóico) e o DHA (ácido docosahexaenóico) presentes principalmente nos óleos de peixes. Estes ácidos graxos são considerados altamente poliinsaturados e essenciais ao organismo dos seres humanos.

O que é o ômega 3?

Sendo hoje, um dos nutrientes mais estudados de todos os tempos, com cerca de 30.000 publicações cientificas que comprovam uma serie de benefícios a saúde, o ômega 3, representa uma família de ácidos graxos essenciais, que não podem ser fabricados no organismo dos seres humanos, e são divididos em três tipos: ácido eicosapentaenoico (EPA),  ácidodocosahexaenoico (DHA) e ácido alfa-linolênico (ALA). O ômega 3 é fundamental para a formação das membranas celulares e do equilibro das funções orgânicas. Ele interfere na atividade das enzimas ligadas às membranas, sendo fundamental para a ação das aminas sobre seus receptores. Além disso, tem importância relevante na saúde dos olhos, do coração e do cérebro em todas as fases da vida dos seres humanos. Estudos comprovam que estas partes do corpo humano citadas, possuem maiores concentrações de ômega 3 do que outras partes do corpo.

EPA e DHA são os ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 de cadeia longa e são encontrados naturalmente em fontes marinhas , nestes estão inclusos peixes de águas frias (cavala, salmão, atum, arenque, anchova) , mariscos e algas marinhas, as quais são a fonte original, na cadeia alimentar, desse tipo de gordura e também em suplementos.A vantagem dos suplementos é que eles são práticos e seguros.Porem, destas que citamos, as principais fontes dos ácidos graxos eicosapentaenóico (EPA) e docoxahexaenóico (DHA) são os óleos de peixe, aos quais são atribuídos efeitos benéficos no controle da lipidemia e conter reações inflamatórias. Seu uso diário proporciona diminuição da agregação plaquetária; redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol ruim; diminuição da pressão sanguínea (hipertensão); atenuação de estados inflamatórios como a artrite; e redução da viscosidade do sangue que permite uma circulação sanguínea mais ativa, promovendo uma melhor nutrição e oxigenação dos tecidos.

Para que serve o ômega 3?

O ômega 3 pode auxiliar na prevenção e tratamento de várias doenças, abaixo vamos citar algumas delas:

- Ansiedade

- Doença de Alzheimer

- Depressão

- Depressão pós-parto

- TDHA (Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade)

- Lúpus

- Câncer

- Tensão pré-menstrual

- Ossos

- Pele

- Cabelo

- Gravidez

- Emagrecimento

- Acelera a recuperação do corpo

- Alivia a dor muscular

- Auxilia a deixar o corpo mais forte

- Auxilia a reduzir o risco de lesões por repetição

- Estudos recentes tem comprovado que pode otimizar a função dos músculos

- Auxilia na queima de gordura corporal

- Pode facilitar a pratica de exercícios físicos

- Melhora a disposição

- Pode melhorar a saúde dos olhos

- Ajuda nas funções cardiovasculares

- Reduz inflamações

- Pode auxiliar no desenvolvimento e na função cognitiva

- Ajuda a regular o metabolismo

- Auxilia no controle de apetite

- Melhora do sistema imunológico

- Neuroprotetor

Quem pode tomar ômega?

Não existe qualquer evidência de contraindicação do uso de ômega 3, uma vez que esta substância é considerada essencial à boa saúde.

O que se pode dizer sobre o ômega e a prevenção de doenças?

As doenças crônicas não transmissíveis, que incluem: diabetes, doenças respiratórias, doenças cardiovasculares e câncer, são as principais caudas de morbidade e mortalidade mundial e são responsáveis por 60% dos 56,5 milhões de mortes anuais, sendo que os principais fatores de risco para o desenvolvimento destas são o colesterol elevado, obesidade, alcoolismo, hipertensão arterial, fumo e etc. tudo isso devido ao estilo de vida inadequado da população mundial, que mudou muito nas últimas décadas, principalmente na inatividade física, maus hábitos alimentares, fumo, alcoolismo, todos estes são fatores de risco a população.  O que muito se tem visto, são mudanças de hábitos alimentares e estilo de vida, que tem efeito positivo comprovado na qualidade de vida.

A dieta do ocidente, que é rica em gorduras saturadas e trans (aquela prejudicial a saúde), principalmente através do consumo de produtos industrializados, ricos em gordura vegetal hidrogenada, nuggets, tortas, biscoitos ,massas, sorvetes cremosos, e alimentos servidos como fast-foods são responsáveis pelo aumento de ações aterogênicas que aumentam o risco de desenvolver doenças no coração.  As gorduras animais (leites e derivados e carnes), gorduras vegetais (coco e cacau) são fontes de gorduras saturadas na alimentação, ou seja, são ácidos graxos de cadeia média (C8 e C10) e de cadeia longa de carbono. Os ácidos graxos insaturados são classificados pelo número de duplas ligações, denominados de mono ou poliinsaturados, definidos pela localização de duplas ligações na cadeia de carbono a partir do terminal metila, identificados pela letra W e são classificados em Omega 3, Omega 6 e Omega 9. O acido oléico (Omega 9) está presente na dieta no azeite de oliva e óleo de canola. O acidolin oléico (Omega 6 ) está presente principalmente nos óleos de milho e girassol, já as principais fontes do acido graxo Omega 3 (linolênico) de origem vegetal na dieta são a linhaça, soja e canola. Os ácidos graxos linoléico e linolênico são considerados essenciais para o homem, pois os seres humanos, como já dito anteriormente não podem produzi-los e estes dois precisam estar balanceados em uma proporção correta entre si. A dieta Mediterrânea (rica em azeite de oliva, grãos integrais, frutas, peixes, hortaliças) tem sido enfatizada como boa fornecedora de acido oléico, linolênico e levar a uma diminuição dos índices de doenças cardiovasculares dentre outas.

Através da dieta podem ser consumidos ácidos graxos de 3 diferentes tipos, dentre eles ômega 9, ômega 6 e ômega 3. Porém, apenas o ômega 3 e o ômega 6 são considerados essências para o organismo dos seres humanos. O consumo balanceado destes ácidos graxos (ômega 3 e ômega 6) na dieta é de grande importância.